Primeiros vôos com o MILHAFRE

ATENÇÃO: Por enquanto, o Milhafre está em fase de testes, e algumas procuras interessantes não estão a funcionar. Pedimos a vossa compreensão mas, como acreditamos que o que temos permite uma série de buscas úteis, pensamos que não seria má idéia disponibiliar desde já a ferramenta / interface, mesmo que em uma versão beta.

Antes de começar

O Milhafre efetua buscas sobre os corpora da Floresta e toma por base o formato A.D.(árvores deitadas). (Uma explicação detalhada das etiquetas utilizadas, bem como das opções linguísticas subjacentes à anotação, pode ser encontrada na Bíblia Florestal.) Uma característica linguística importante da anotação e que tem consequências para a busca é o fato de a informação ser codificada em pares do tipo Forma & Função. Isto quer dizer, por exemplo, que para buscar sintagmas nominais (forma) que são adjuntos adverbiais (função), basta concatenar as duas informações: sintagma nominal + adjunto adverbial. Clique aqui para ir directo aos exemplos de busca.

Milhafre na prática

O elemento à esquerda da relação é o procurado

O Milhafre apresenta sublinhados os elementos da consulta que forem assinalados no interface (e que podem ser mais do que um). Por defeito, será sublinhado o elemento à esquerda da primeira relação.
A relação refere-se sempre ao elemento à esquerda. Ou seja, procurar por um (i) objecto directo que complementa um predicado é diferente de procurar (ii) um predicado que é complementado por um objecto directo, embora as frases-resposta sejam as mesmas.

(i) CP85-4: António Guterres possui uma boa relação com o teatro
(i) CP87-4: A França e a Grécia apoiam a Grã-Bretanha .
(ii) CP85-4: António Guterres possui uma boa relação com o teatro .
(ii) CP87-4: A França e a Grécia apoiam a Grã-Bretanha .

Buscas simples (não envolvem relações)

Aproveitando os exemplos anteriores:

Busca por objectos directos:

  1. Selecione objecto directo (ACC)
  2. Clique em 1º elemento
  3. Clique em procurar expressão
O resultado aparecerá em uma nova janela.

IMPORTANTE! Para uma nova busca,  clique em LIMPAR EXPRESSÃO.

Busca por sintagmas nominais que são sujeitos

  1. Selecione sintagma nominal (NP) & selecione sujeito (SUBJ)
  2. Clique em  1º elemento
  3. Clique em procurar expressão
DICA: Há uma série de buscas interessantes que envolvem apenas a concatenação de forma & função, e portanto seguem os passos acima. Para buscar orações relativas, basta selecionar adjuntos adnominais & e a formas oracional desejada - finita (fcl), não finita (icl); para buscar sujeitos compostos, selecione sintagma evidenciador de concordância (CU) & sujeito (SUBJ) etc.

Buscas simples que envolvem relações:

Ainda no exemplo anterior, para buscar predicados que são complementados por objectos directos:
  1. Selecione predicador (P)
  2. Clique 1º elemento
  3. Selecione objecto directo (ACC)
  4. Clique 2º elemento
  5. No quadro 'relação', selecione "1º elemento" na primeira caixa e "2º elemento" na segunda caixa
  6. Selecione a relação “NO MESMO NÓ
  7. Clique juntar relação
  8. Clique “PROCURAR EXPRESSÃO”.

Princípio geral das buscas:

  1. Selecione a forma e/ou função desejada
  2. Selecione a forma e/ou função que está relacionada com o primeiro elemento
  3. Selecione a relação que deseja entre os elementos
  4. Clique OK
  5. Clique em “PROCURAR EXPRESSÃO”.

O resultado aparecerá em uma nova janela.


Visualização dos resultados

No Milhafre é possível escolher a forma de apresentação das respostas, com opções na parte superior esquerda da tela. Ao seleccionar FRASES COMPLETAS, a resposta é, naturalmente, a frase completa que contém o resultado da busca; ao seleccionar APENAS EXTRATO, a resposta contém apenas o resultado da busca (isto é, os sublinhados); no caso de se pedir a impressão mais do que um elemento, os resultados aparecerão numa tabela (NB: a ordem dos resultados impressos é a ordem pela qual os elementos foram pedidos, e não necessariamente a ordem pela qual estes aparecem no texto). Disponibilizamos ainda um ficheiro com todas as frases-respostas em formato txt, na íntegra, e com a expressao desejada entre barras. Quanto ao conteúdo, é possível seleccionar as variantes português europeu e brasileiro.

Consultas agregadas

Pode optar por realizar consultas agregadas ou quantitativas, i.e., consultas onde o resultado é agrupado por um determinado campo.
Por exemplo, para saber as funções dos NPs, pesquise simplesmente por NP, e assinale "agrupar por função". O sistema apresentar-lhe-á uma lista dos NPs, mas em vez de eles serem apresentados sequencialmente, serão agrupados pela respectiva função (NPs sujeito, NPs objecto directo, etc.), e será indicado o número de ocorrências dessa função.
Pode agregar os resultados por forma, função e texto. No caso de consultas sobre palavras individuais, também pode agregar os resultados por lema e morfologia.
; neste caso, os resultados referir-se-ão ao elemento da esquerda da primeira relação.

Outros recursos para a busca

O Milhafre contém ainda 3 caixas que pretendem tornar as buscas ainda mais ricas:

FORMA: busca pela forma exata da palavra (meninas ou cafezinho). 
DICA:  este campo aceita expressões regulares. Para buscar palavras terminadas em -udo, por ex, basta escrever FORMA: .*udo. Caso pretenda uma de duas ou mais formas, deve escrevê-las separadas por uma barra vertical: elefante|zebra.

LEMA: busca pelo lema. Para o lema meninas, retornará menina e meninas, para o lema fazer, retornará fazer, feito, fará etc. Tal como na forma, pode utilizar expressões regulares.

PROCURÁVEL: este campo permite uma busca simples por determinadas estruturas, como verbos principais de orações passivas, relativas, estruturas partitivas. Atualmente, os seguintes "procuráveis" podem ser procurados:

fs-conc
verbos de orações concessivas
fs-cause verbos de orações causais
fs-fin verbos de orações finais
fs-rel verbos de orações relativas
fs-subst orações substantivas
passive verbos de orações passivas
rel pronomes relativos
no-subj orações sem sujeito explícito
np-dequant estruturas com quantificadores
np-partitive1 partitivos com substantivos "não contáveis" Ex: bebeu um copo d´água
np-partitive2 partitivos com substantivos "contáveis" Ex:: metade dos leitores

Relações entre os elementos

Pode também consultar uma representação gráfica das relações

As relações abaixo permitem concatenar os objectos linguísticos de diferentes maneiras.

  • contêm:
    a segunda palavra ou oração é parte integrante da primeira (não necessariamente no nível imediatamente seguinte). Por exemplo, o sintagma nominal (NP) "o pato da vizinha" contêm os substantivos pato e vizinha, apesar de o segundo não ser parte imediata do NP (a estrutura do NP é artigo+subtantivo+sintagma preposicional).
  • contêm exactamente::
    o segundo nó é o único nó-filho do primeiro
  • está contido:
    a primeira palavra ou cláusula está contida na segunda (a relação inversa de contêm)
  • é seguido por:
     a segunda palavra ou cláusula segue a primeira no texto, independentemente de haver alguma relação entre elas. Por exemplo, na frase "corri velozmente, mas não o apanhei", "velozmente" é seguida de "apanhei".
  • é precedida por:
    naturalmente, a relação inversa a "é seguida por"
  • está no mesmo nó que:
    as duas palavras ou cláusulas estão ao mesmo nível perante o nó-pai, e não são o mesmo nó. Por exemplo, para encontrar objectos do verbo "comer", devemos procurar um "np" com a função "ACC" que está ao mesmo nível de um "vp" que, por sua vez, contém o lema "comer".
    DICA: O sintagma verbal (VP) contém sempre, e unicamente, informação relativa ao verbo (e seus auxiliares). Complementos verbais (objectos), bem como adjuntos adverbiais, ficam sempre fora do VP, e no mesmo nível que esse. Ao se procurar, portanto, por um objecto directo, não se deve pedir um VP que contém um objecto directo, mas sim um VP que está no mesmo nó (isto é, no mesmo nível de) um objecto directo
  • começa com:
    o segundo nó é um dos nós mais à esquerda do primeiro: por exemplo, na frase o pato da vizinha tinha grasnado, a frase começa com o NP o pato da vizinha, com o NP o pato, e com o artigo o.
  • termina com::
    o segundo nó é um dos nós mais à direita do primeiro; por exemplo, a frase o pato da vizinha tinha grasnado termina com o VP tinha grasnado e com o particípio grasnado
  • contêm imediatamente
  • está contido imediatamente
  • precede imediatamente
  • segue imediatamente
    relações imediatas são relações em que não há intermediários entre as partes da consulta; por exemplo, um "vp" seguido imediatamente de um "np" não encontra casos em que existe um "advp" entre os dois (partiu a janela mas não partiu apressadamente a janela); na frase o pato da vizinha tinha grasnado, o NP o pato da vizinha contêm imediatamente o sintagma preposicional da vizinha, mas não a palavra vizinha.
  • é o mesmo nó que:
    esta relação é usada principalmente em dois casos:
    a) em conjunção com a opção não, quando se pretende que o nó tenha determinados valores mas não tenha outros; por exemplo, para pesquisar casos de relativos cuja lema não seja que.
    b) para pesquisar uma palavra ou cláusula com dois procuráveis
  • não:
    esta opção é utilizada para indicar que se procuram frases onde a relação não é válida. Por exemplo, para encontrar verbos sem objecto, devemos procurar vp, que não tenham no mesmo nó um ACC.
  • DICA: Não se esqueça de clicar em OK quando pretender juntar uma relação! Pode também consultar alguns exemplos de relações

    Morfologia

    quando se pretende inserir a  morfologia de uma palavra nas busca, há três hipóteses:
    i. ao procurar um pronome, são utilizados os valores de género, número, pessoa e caso
    ii. ao procurar um verbo, são utilizados os valores de tempo, modo, número e pessoa
    iii. para todos os outros casos, são utilizados os valores de género e número
  • Por exemplo: Para buscar "Sujeito no plural  + predicado no singular"

    1. selecione NP & Sujeito (1º elemento)
    2. selecione H e substantivo e plural (2º elemento)
    3. seleccione a relação 1º elemento contendo imediatamente 2º elemento
      N.B.: a relação "contendo" também encontraria substantivos que não são núcleo do NP em questão, mas sim de outros NP nele contidos
    4. seleccione sintagma verbal (vp) (3º elemento)
    5. seleccione a relação 1º elemento no mesmo nó de 2º elemento
    6. seleccione verbo finito e singular
    7. selecciona relação 3º elemento contendo imediatamente 4º elemento
    8. clique em procurar expressão

    Exemplos de Busca

    Pode consultar a nossa página de exemplos de busca.

    Milhafre e a Floresta Sintáctica

    Uma ótima maneira de se compreender as etiquetas utilizadas no Bosque (e em toda a Floresta Sintáctica) é por meio de exemplos, e a interface do Milhafre possibilita um bom início de caminho pela Floresta.

    Por exemplo, se deseja saber o que é um "epíteto predicativo", basta marcar a opção EPÍTETO PREDICATIVO e,  em seguida,  1º elemento, e por fim, procurar expressão.
    Última alteração: 27 de Maio de 2008